15 de fev de 2008

De cuia e cambona...

Já dizia o poeta que enquanto tiver água na cambona, não se agradece um mate. E não percamos nossa essência, de ser gaúchos de fato.

Nada como começar o dia com o pé esquerdo...

.... montando no pingo das confiança, e levando a breca as mágoas, as dificuldades, e tudo mais de ruim, que cavalo nenhum que3r que carregamos nos arreios. Eu amo meus cavalos, façam o mesmo, pois eles tb vão te amar.

Concentrados uma barbaridade, eta dupla de respeito


Mas que tal nossa 1a Prenda Gabi e nosso Peão Farroupilha - Felipe se refestelando numa vanera


A Nossa 1a Prenda com as crianças na primeira oficina cultural - Muito legal o trabalho da Gabi

Gaúcho de raiz tem que conhecer as suas origens e tradições, pois somente assim conseguimos conviver com imediatistas, modismos, etc. Estas crianças estão no caminho certo, pois gostam do que fazem e do que são, e não vai ter muita surpresa nos futuros deles não, pois já está no sangue.